Ex-vascaíno Jordi pode trocar Paços de Ferreira por Braga ou Vitória de Guimarães
Segunda-feira, 03/05/2021 - 12:40
O goleiro Jordi, ex-Vasco, pode trocar em breve de clube em Portugal. Atualmente no Paços Ferreira, ele desperta o interesse de clubes mais bem resolvidos financeiramente. O Torcedores.com apurou que o jogador tem ofertas do Braga e do Vitória de Guimarães.

Antes de mais nada, o representante do jogador, Rômulo Noronha, já começou a ouvir os pretendentes. Segundo informações obtidas pela reportagem, a multa rescisória do goleiro está estipulada em 1,6 milhão de euros (R$ 10,5 milhões, pela cotação atual).

A princípio, seu contrato com o Paços Ferreira vai até junho de 2022. O acordo prevê o pagamento de 82,5 mil euros (R$ 539 mil) por mês nesta temporada. Para 2021/20211, o jogador passará a ganhar 110 mil euros (R$ 719 mil) mensais após realizar mais de 31 jogos pelo clube neste ano.

Aos 27 anos, Jordi está no país há uma temporada. Em seu primeiro ano, é um dos destaques do Paços Ferreira que ocupa a quinta colocação no Campeonato Português. Além disso, o time briga por uma vaga na Liga Europa.

De acordo com os conceituados jornais "A Bola", "O Jogo" e "Record", Jordi é um dos principais goleiros em atividade no futebol português. Ele divide o posto com os badalados Agustín Marchesín, do Porto, Antonio Adán, do Sporting e Odysseas Vlachodimos, do Benfica.

A carreira de Jordi

Nascido em Volta Redonda, Rio de Janeiro, Jordi Martins Almeida surgiu no clube da sua cidade natal em 2006. Quatro anos depois, ele ingressou nas categorias de base do Vasco onde teve passagem destacada pelos times sub-17 e sub-20.

Jordi, inclusive, é cria da geração que revelou o zagueiro Luan, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, o meia Marlone, o meia-atacante Guilherme Costa, entre outros. Na base, o goleiro foi fundamental para o Vasco conquistar a Taça BH de Futebol Júnior de 2013.

Promovido ao profissional em 2014, Jordi disputou 38 partidas pelo clube da cruz de malta. Nesse ínterim, integrou o elenco vascaíno que faturou o Bicampeonato Carioca em 2015 e 2016. Posteriormente, foi emprestado ao Tractor Club, do Irã e CSA.



Fonte: Torcedores.com